Fragmentos

Estou com sede de mudanças, mas não quero arrastar os móveis, nem desentortar os quadros. Quero desabitar meus hábitos… (Marla de Queiroz )

Confesso! As vezes tenho vontade de sair por ai destruindo corações, pisando em sentimentos alheios ou sei lá, alguma coisa que me faça realmente merecer esse meu sofrimento no amor.(Caio F. Abreu)


Quero os melhores romances, ou prefiro ficar sozinha. Quero as melhores lembranças, ou prefiro não lembrar. Ou vivo intensamente, ou vou levando essa rotina que não incomoda, não interfere, não fere, mas também não é vida. Vou dispensando tudo o que não julgo suficiente pra me roubar a solidão. Vou excluindo do meu convívio todos que não parecem prontos pra marcar meus dias. (Verônica H.)


Há aqueles que entendem que é loucura mudar de vida, eu chamo de coragem. (Fabrício Carpinejar)



Fui vivendo minha vida de maneira tão solitária, conquistando minhas coisas tão no braço, tão sempre sem nada, que aprendi a ter uma enorme admiração por mim mesmo. (Caio F. Abreu)


Cuide, cultive, queira o bem… o resto vem! 
(Caio Fernando Abreu)




5 comentários:

Janaina Cruz disse...

Um emaranhado de poesias falantes de amor, dor e hábito, quem dera pudéssemos mudar tudo de lugar, colocar o amor no centro de nosso eu, as dores num canto esquecido e os hábitos? Bem os bons prevaleceriam... :)

PARA ALÉM DA DIMENSÃO DE TI disse...

Esse bloco esta fantasticos....
bj

Poliana Fonteles disse...

Esse bloco esta fantastico(2)

LIndo Flor!

Abraço carinhoso!

Borboleta no Casulo disse...

Essas frases não podiam chegar em um melhor momento para mim, me encaixo perfeitamente em TODAS elas!!rs
Bjs

so sad disse...

mas as vezes o que a gente plnata demora tanto a brotar...

beijo!