Oração - Leo Fressato


Meu amor essa é a última oração
Pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois

Cabe até o meu amor
Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa



Cavalheiro Errante - Felipe Barros



Faz um tempo que eu
Não consigo lembrar,
do tempo que faz
Das manhas, dos jornais
Das cantigas banais
De um tempo que foi
O bastante, pra seguir em frente
E o mal que a gente sente
Só por ver chorar
Sempre belo, o mundo meu castelo
De pedra areia ou verso
Que não quer calar
Faz um vento e eu não quero levantar
Pro tempo que jaz
Pras manhãs , pros jornais
Pros recados finais
Que o dia chegou

                         Sempre em frente , que lá trás já vem
                         Gente que não tem
                         Nada pra pensar
                         Um gigante, um cavaleiro errante
                         Fuja ao tempo e cante, antes de deitar
                         Longe, perto de onde ninguém está
                        Onde ninguém esta
                        Sempre em frente
                        Que lá atrás já vem gente que não tem
                        Nada pra pensar
                        Sempre belo
                        O mundo meu castelo
                        De pedra areia ou verso
                        Que não quer calar
                        É difícil ser
                        Quem eu não sou, nem nunca fui
                        E nem serei


Felicidade é coisa que não tem nome. 
É silêncio que perpassa os dias tornando-os mais belos e falantes. 
Felicidade é carinho de mãe em situação de desespero. 
É olhar de amigo em horas de abandono. 
É fala calmante em instantes de desconsolo.
Felicidade é palavra pouca que diz muito. 
É frase dita na hora certa e que vale por livros inteiros.




Viver despenteada



Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade.
O mundo é louco, definitivamente louco.
O que é gostoso, engorda.
O que é lindo, custa caro.
O sol que ilumina o teu rosto enruga.
E o que é realmente bom dessa vida, despenteia:

- Rir às gargalhadas, despenteia.
- Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.
- Tirar a roupa, despenteia.
- Beijar à pessoa amada, despenteia.
- Brincar, despenteia.
- Cantar até ficar sem ar, despenteia.
- Dançar até duvidar se foi boa ideia colocar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível

Então, como sempre, cada vez que nos vejamos eu vou estar com o cabelo bagunçado mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida. É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.

Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável, toda arrumada por dentro e por fora. O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença: Arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça, coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria e talvez deveria seguir as instruções, mas quando vão me dar a ordem de ser feliz? 

Por acaso não se dão conta que para ficar bonita eu tenho que me sentir bonita A pessoa mais bonita que posso ser! O único, o que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser. Por isso, minha recomendação a todas as mulheres: 

Entregue-se, Coma coisas gostosas, Beije, Abrace, dance, apaixone-se, relaxe, Viaje, pule, durma tarde, acorde cedo, Corra, Voe, Cante, arrume-se para ficar linda, arrume-se para ficar confortável! 

Admire a paisagem, aproveite, e acima de tudo, deixa a vida te despentear!!!!
O pior que pode passar é que, rindo frente ao espelho, você precise se pentear de novo...


Alexsandra Zulpo



Ao meu cão
Nunca vou mudar de casa sem te levar comigo
Nunca te deixarei num canil
Nunca te deixarei passar fome
Nunca deixarei que te magoes
Nunca te abandonarei quando estiveres velho
Nem te abandonarei quando ficares cego
Se esse dia alguma vez chegar, estarei cá para ti
Porque te amo e para mim tu és: Família






 
No fundo, alguma coisa me diz que vai dar tudo certo.
Que os caminhos são tortos mas a chegada é certa.
Que há coisas bonitas esperando lá na frente, se a gente acredita.
E eu acredito! Vivo de acreditar.
E acredito, que o que importa mesmo, não são as pedras que encontro pelo caminho, 
mas sim, as flores, que carrego comigo. Dentro do coração.




COCO CHANEL



"Não há tempo para a monotonia do previsível. Há tempo para o trabalho. E tempo para o amor. Isso nos toma todo o tempo."

"Já que tudo está na nossa cabeça, é melhor não perdê-la."

"Eu não entendo como uma mulher pode sair de casa sem se arrumar um pouco, mesmo que por delicadeza. Depois, nunca se sabe, talvez seja o dia em que ela tem um encontro com o destino. E é melhor estar tão bonita quanto possível para o destino."

"Elegância é quando o interior é tão belo quanto o exterior."

"Podemos nos acostumar com a feiúra, mas nunca com a negligência."

"Para ser insubstituível, você precisa ser diferente."

"Luxo é ter uma roupa bem feita."

"O luxo precisa ser confortável. Se não, não é luxo."

"Aos 20 anos, seu rosto é dado a você pela natureza. Aos 30, seu rosto é moldado pela vida. Mas aos 50, cabe a você merecê-lo."

"Quando as pessoas perguntam minha idade, eu digo: depois dos 50, depende do dia."

"Eu já não sou o que era: devo ser o que me tornei."

" 'Onde uma mulher deve usar perfume?' Perguntou-me uma moça. 'Onde ela quiser ser beijada.' Eu respondi."

"A moda não é algo presente apenas nas roupas. A moda está no céu, nas ruas. A moda tem a ver com idéias, a forma como vivemos, o que está acontecendo."

"Quantos cuidados uma pessoa precisa tomar quando decide não ser algo, mas sim alguém."

"O luxo não é o oposto da pobreza, mas da vulgaridade."

"Uma mulher vestida de claro raramente fica de mau-humor."

"Sou contra uma moda que não dure. É o meu lado masculino. Não consigo imaginar que se jogue uma roupa fora, só porque é primavera."

"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça."

"A roupa deve ser, antes de tudo, cômoda e prática. É a roupa que deve adaptar-se ao corpo e não o corpo que deve deformar-se para adaptar-se à roupa." 





Morro todo dia um pouquinho.

Morro quando preciso me vestir com uma roupa adequada para entrar no mundo, e diminuir o volume da risada para parecer mais politizada.

Morro quando o sonho da padaria parece o único ao alcance das mãos. Morro quando não me perdoo pelos erros que não fiz e fiz. Morro quando mudo pra me adaptar ao mundo e acabo não cabendo naquela que me transformei ao mudar.

Morro quando o mundo não cabe, morro quando o mundo desce apertado pela garganta pra caber a mim.

Morro quando deixo de sonhar. Morro quando não consigo sonhar. Morro quando não consigo ter fé. Morro.

Abro os braços e recebo o medo do não realizável, da solidão do peso da própria existência.

Abro os braços e me permito afogar no peso de cada consequência e na pilha de papéis a minha frente que eu preciso fazer sumir pra custear um sonho que está bem ali, mas que sequer sei se vou alcançar.

Morro. Morro e espero terceiro dia. Morro e espero a onda passar. Morro e espero a fase passar. Morro e espero o tempo passar. O tempo.

Eu me deixo morrer várias vezes, pra renascer mais forte.

O tempo é curto e a vida é apertada e após cada morte, só volta e fica o que faz do meu eu, mais eu. E isso basta.



"Ninguém baterá tão forte quanto a vida. 
Porém, não se trata de quão forte pode bater, 
se trata de quão forte pode ser atingido
 e continuar seguindo em frente."



José Saramago

Sorriso, diz-me aqui o dicionário, é o acto de sorrir. E sorrir é rir sem fazer ruído e executando contracção muscular da boca e dos olhos.

O sorriso, meus amigos, é muito mais do que estas pobres definições, e eu pasmo ao imaginar o autor do dicionário no acto de escrever o seu verbete, assim a frio, como se nunca tivesse sorrido na vida. Por aqui se vê até que ponto o que as pessoas fazem pode diferir do que dizem. Caio em completo devaneio e ponho-me a sonhar um dicionário que desse precisamente, exactamente, o sentido das palavras e transformasse em fio-de-prumo a rede em que, na prática de todos os dias, elas nos envolvem.

Não há dois sorrisos iguais. Temos o sorriso de troça, o sorriso superior e o seu contrário humilde, o de ternura, o de cepticismo, o amargo e o irónico, o sorriso de esperança, o de condescendência, o deslumbrado, o de embaraço, e (por que não?) o de quem morre. E há muitos mais. Mas nenhum deles é o Sorriso.

O SORRISO (este, com maiúsculas) vem sempre de longe. É a manifestação de uma sabedoria profunda, não tem nada que ver com as contracções musculares e não cabe numa definição de dicionário. Principia por um leve mover de rosto, às vezes hesitante, por um frémito interior que nasce nas mais secretas camadas do ser. Se move músculos é porque não tem outra maneira de exprimir-se. Mas não terá? Não conhecemos nós sorrisos que são rápidos clarões, como esse brilho súbito e inexplicável que soltam os peixes nas águas fundas? Quando a luz do sol passa sobre os campos ao sabor do vento e da nuvem, que foi que na terra se moveu? E contudo era um sorriso.

 


Quantas vezes me desdobrei em tantas Marias!
Fui sombra, pedaços e retalhos de tristeza, terna alegria...
Fui esta, aquela e mais outra, serei a que ainda não chegou!
Sou todas e nenhuma...
simplesmente mais uma, que por aqui passou...
Mas deixo sempre a marca, da mulher forte que não quebrou!!
Maria Soares