Quando eu era criança, já quis ser
jornalista, estilista, bailarina ou atriz.

Se me perguntarem hoje o que quero ser,
vou responder: CRIANÇA!


Continuo amando e acreditando em Deus, mesmo quando os “milagres” que imploro não acontecem, pois os milagres que imploro e os pedidos que faço, se baseiam em minha vontade e Deus não está aqui pra me dar o que eu desejo. Deus está aqui é pra me dar que eu preciso!

(Pe. Fábio de Melo)



QUANDO EU ENJOO de MIM, eu CORTO O CABELO.
Quando eu gosto do meu corte, eu me sinto poderosa.
Quando eu não gosto, eu choro.
Quando eu gosto do meu corte, eu quero sair para jantar.
Quando eu não gosto, eu não vou nem pro trabalho.
Quando eu gosto do meu corte, eu sou feliz.
Até o dia que eu enjôo de mim mesma.
E ai eu saio para cortar o cabelo.



2 comentários:

Patricia s2 disse...

Também queria voltar a ser criança, mas faria tudo de novo, com pequenas mudanças. rs
bejuxus e um ótimo ferido.

"Voando com Borboletas" disse...

Que bom pudéssemos realizar esse desejo. Mas podemos fazer de conta....como as crianças.
Vim conhecer o seu espaço e te convidar para conhecer o meu. Será um prazer recebê-la.
Gostei muito daqui!
Bjs
Borboleta
www.voandocomborbolletas.blogspot.com