Acho que sou bastante forte para sair
de todas as situações em que entrei,
embora tenha sido suficientemente
 fraca para entrar.
(Desconheço Autoria)

6 comentários:

Pérola Anjos disse...

Tiramos força não sei de onde, a fraqueza que se mande!

Beijos, flor!

Calambur disse...

Somos más fuertes de lo que imaginamos... y menos débiles de lo que creemos!!!!

Lindo FDS!!!!

Besos

so sad disse...

tem um selinho pra vc no blog.
beijo!

so sad disse...

gente...amei seu comentario cheio de poesia! beijos

João Lenjob disse...

Fantástico o poema fragmentado hoje. Atualizei meu blog com mais cinco poemas, viu??
Beijos!!

João L.

Sertão Poesia
João Lenjob

Depois de beijar-te a boca
Queria ter mais teus abraços
Tirar-te o vestido de alça
E deitar-me contigo na cama
Com luzes de velas aos pires
Aos sons da noite mais pura
E presença de estrelas sorrindo
Acordar com o aroma café
Com calor vigoroso do sol
Sentar-me na mesa tão farta
De simples cadeira e toalha.

Beijo-te novamente a boca
Durante o dia que passa
Teus negros cachos passeiam
A tua pele morena me clama
E o feijão assim esquent'a lenha
Arroz com pimenta e cachaça
A esperança que feliz, nunca passa
Com sombra só dentro da casa
Refrescando o chão de verdade
No amor do sertão poesia.

Lu disse...

LIndo textoooo... sempre colocando coisas perfeitas... adoro aki!!
Bjos otima segunda!