Eu acredito que o que não te mata Te deixa mais estranho...

Nenhum comentário: