A pergunda é:
E quando o outro é muito mais do que um?

[Markus Suzak]

Nenhum comentário: