Mário Quintana

Não sei porque, sorri de repente.
E um gosto de estrela me veio na boca.



 

Nenhum comentário: